16 Jun, 2020

A Tecnologia na Restauração

Izirest

Com o novo coronavírus o sector da restauração teve de se adaptar e inovar nas formas de atendimento ao público mas, também, na gestão de recursos e actividades.

Novas ferramentas, até aqui inexistentes ou adaptadas de forma criativa, começaram agora a ser usadas de forma a garantir a segurança de todos, factor que irá a médio prazo impulsionar a diferenciação com sucesso e confiança.
Para além de aumentar a produtividade e facilitar as tarefas de trabalho, os restaurantes procuram agora, e à semelhança de muitos outros negócios já mais avançados  nesta questão, digitalizar os seus processos e implementar inovações tecnológicas.

1. Adeus papel e caneta
A utilização de tablets e outros dispositivos móveis já era regra em alguns restaurantes e garantia a poupança de tempo e minimização de falhas tornando o serviço mais fácil.
Hoje em dia a utilização deste tipo de tecnologia deve ser repensada de forma a permitir, por exemplo, o envio do menu directamente para o telemóvel do cliente bem como a possibilidade de fazer o pedido directamente para a cozinha e o pedido de conta e seu pagamento através de uma aplicação móvel, reduzindo o contacto que seria praticamente obrigatório neste tipo de situações.

2. Contacto sem contacto
Entre colaboradores e dependendo da dimensão do espaço, a utilização de, por exemplo, auriculares auditivos para comunicar com a restante equipa é eficaz e permite que mesmo à distância todas as informações importantes sejam transmitidas.

3. Filas? Nunca mais!
E não é por diminuição de clientes.
A utilização de gestores de fila digitais, semelhantes aos pulsadores e avisadores que algumas cadeias já usavam, mas adaptados a aplicações móveis garante que o cliente se desloca ao funcionário apenas quando é estritamente necessário.

4. Nada funciona sem WI-FI grátis
Essencial nos dias de hoje e na aplicação, com sucesso, das medidas já indicadas, o uso de hotspots de Wi-Fi vai ainda permitir que o seu cliente crie uma conta, com informações com o nome e e-mail, para ter acesso à rede. Essas informações serão armazenadas num banco de dados e podem servir para o desenvolvimento de ações de marketing e comunicação, adequadas ao perfil dos visitantes. 


5. Sites de avaliação: presença obrigatória
Confiança é a palavra de ordem. E pode ter a certeza que uma grande parte dos seus clientes novos pesquisa na internet a opinião de outras pessoas sobre o seu restaurante.
Estar presente e ter boas avaliações em aplicações como, por exemplo, a TripAdvisor é agora e mais do que nunca, essencial.

6. A nova moda do Takeaway
Sabia que muitas aplicações conseguem utilizar a geolocalização e mostrar aos seus utilizadores, por exemplo, qual o restaurante mais perto do sítio onde se encontram?
Se a isso juntar a opção de entrega é quase garantido, nos dias de hoje, que a visibilidade do seu restaurante e o número de clientes aumentará significativamente.

7. A gestão simplificada
Reduzir tempo e custos garantindo qualidade e segurança é possível através da utilização de aplicações de gestão automática que lançam encomendas de acordo com as necessidades do seu restaurante e onde produtores e distribuidores certificados estão presentes com os seus produtos e serviços.

8. O futuro: robots que servem à mesa
Futuro para a restauração em Portugal mas já presente em alguns restaurantes do mundo.

O Robot Theme Restaurant é um restaurante chinês onde, em vez do habitual "Por favor", para chamar o empregado, existe um tablet em cada mesa onde os clientes podem pedir o que desejam. Os pedidos são recebidos na cozinha e assim que a refeição está pronta um dos empregados-robots leva o pedido à mesa indicada. Estes robots funcionam com uma bateria e têm sensores que os fazem parar se alguém se colocar à frente deles.

No entanto, em Tóquio, os robots que servem às mesas de um restaurante do mesmo género são controlados remotamente, a partir de casa, por trabalhadores com incapacidades físicas e que podem interagir com os clientes através de câmara, altifalantes e microfones. 

Percebemos então que hoje, mais do que nunca, a tecnologia e a inovação na restauração devem ser encaradas como uma vantagem competitiva e de confiança para os clientes, podendo contribuir para o sucesso dos restaurantes, nesta fase de disrupção causada pelo covid19, e melhorar a experiência do cliente, que passa a ser atendido com mais facilidade e qualidade

O seu restaurante e a sua equipa estão preparados para criar uma experiência tecnológica ao seu cliente?

Beneficia das ferramentas que existem no mercado? Ou ainda não está familiarizado com as mesmas nem sabe de que forma pode começar?

Sabia que a inovação tecnológica e digital está a ser aplicada quer em restaurantes com estrela Michelin quer em tascas e pequenos negócios de restauração que pretendem surpreender os seus clientes com novas ferramentas, mais eficientes e seguras?



Se pretende saber mais ou aplicar estas ou outras medidas tecnológicas no seu restaurante, fale connosco!