14 Set, 2020

Abrir um restaurante em Portugal

IZIREST

O seu sonho é abrir um restaurante?
Já consegue visualizar todo o espaço e decoração? Então este artigo é para si!
Conheça as nossas dicas para abrir um restaurante em Portugal:

1. O conceito
A origem de tudo e aquilo que deve logo definir para saber exactamente o que pretende criar. Qual o tipo de restaurante que quer abrir? Qual o ambiente que procura? De forma clara e objectiva questione-se:

  • Vai focar-se apenas num tipo de comida? Ou ter pratos para qualquer gosto?
  • ​Procura um ambiente descontraído ou formal?
  • Vai servir pratos do dia ou apenas serviço à carta?
  • A ementa vai ser fixa ou o variável?
  • As bebidas vão representar um papel importante ou disponibiliza apenas as mais básicas?

A resposta a estas questões vai ajudá-lo a definir o tipo de restaurante, o ambiente e que tipo de refeições irá servir. Vai ajudá-lo, também, durante a escolha do espaço e na contratação de pessoal.


2. A localização
Definido o conceito, a localização é o próximo dado a pensar. Coloque as próximas questões que o vão ajudar a escolher o espaço ideal: 

  • A zona pretendida tem um grande volume populacional?
  • É uma zona que vão ao encontro com os interesses do seu público-alvo?
  • Qual o valor da renda?
  • Existe estacionamento nas imediações?
  • O espaço tem todas as infraestruturas que procura?
  • Que obras terá de fazer?


3. O licenciamento
O terceiro passo, depois de escolher a localização perfeita, é o licenciamento do restaurante.
E não se preocupe porque em Portugal esta tarefa é bastante simples devido ao regime simplificado de instalação e funcionamento aprovado pelo Estado - Licenciamento Zero.
Deste modo, para abrir um restaurante precisa apenas de comunicar, junto do Balcão do Empreendedor, a abertura ou modificação do negócio.

Para as questões financeiras e fiscais, que se podem tornar mais complicadas, considere a ajuda de contabilistas ou consultores especializados, para assegurar o cumprimento de todas as obrigações fiscais e legais, bem como a organização e controlo do negócio desde o seu início.


4. O Plano de Negócios
Essencial para o sucesso do seu restaurante, garanta que o Plano que elaborar é pormenorizado e inclui todas as despesas e investimento necessário, tempo para recuperar esse valor e os custos fixos mensais associados:

Custos de Investimento
  • Equipamento para cozinha e espaço de refeições;
  • Obras de remodelação e decoração do espaço;
  • Sistema de climatização, de som e de imagem;
  • Equipamento informático e software;
  • Licenças e encargos com a constituição da empresa;
  • Custos não previstos.


Custos Fixos

  • Vencimentos de colaboradores;
  • Renda do espaço;
  • Pagamento de empréstimo (se necessário);
  • Despesas do espaço (água, luz, gás, telefone, televisão e internet);
  • Serviços de limpeza;
  • Serviços de contabilidade;
  • Seguros e pagamento de impostos devidos;
  • Higiene e segurança no trabalho;
  • Medicina no trabalho;
  • Manutenção de equipamentos.


5. O Recrutamento
Competência, gosto ou experiência pela restauração, são algumas das características que deve procurar nos profissionais a contratar para o restaurante.
Certifique-se que contrata pessoas simpáticas e preocupadas com a satisfação do cliente, que gostam de trabalhar em equipa e são disponíveis para trabalhar por turnos se for necessário o reforço da equipa.
 

Sabia que a Izirest pode facilitar todas as fases do processo  e propõe soluções que o irão ajudar a dar vida ao seu sonho e transformar o seu restaurante num negócio rentável?
Foque-se no que é importante, a Izirest ajuda-o em todas as questões desde o recrutamento e formação de equipas, definição de indicadores de gestão, implementação de sistemas de controlo e de análise financeira, passando pela elaboração de manuais de boas práticas da empresa, na gestão de compras e stocks até à legislação.

Saiba como